Com que pasta que eu vou? PASTAS DÍGITO-TERMINAIS: APLICAÇÕES

No post anterior, apresentei a pasta dígito-terminal, destacando suas vantagens quando aplicada em arquivos onde é necessário substituir a ordem alfabética pela ordem numérica, obtendo maior controle sobre eventuais erros de arquivamento, que são facilmente denunciados através do contraste de cor-número que as etiquetas possibilitam.

Outra vantagem da utilização deste tipo de pasta é a inexistência de varões, já que ela é arquivada diretamente sobre a prateleira, permitindo grande compactação e aproveitamento dos níveis superiores nos arquivos.

Hoje quero mostrar algumas aplicações desta pasta, a partir de demandas apresentadas por clientes de vários segmentos.

Hoje, PASTAS DÍGITO-TERMINAIS: APLICAÇÕES

 

Arquivo de clientes, com matrícula de 5 dígitos e etiqueta com demais dados
Arquivo de clientes, com matrícula de 5 dígitos e etiqueta com demais dados

As etiquetas dígito-terminais permitem várias combinações nos 8 campos normalmente disponibilizados para adesivagem, que podem ser utilizadas integral ou parcialmente. Na imagem abaixo, pode-se ver algumas alternativas bem interessantes.

 

3 métodos de numeração combinando os 8 dígitos e facilitando o acesso visual ao acervo
3 métodos de numeração combinando os 8 dígitos e facilitando o acesso visual ao acervo

 

Prontuário tipo dossiê com várias divisões internas intercaladas
Prontuário tipo dossiê com várias divisões internas intercaladas

 

Bolsa em formato de envelope, para documentos que não podem ser perfurados
Bolsa em formato de envelope, para documentos que não podem ser perfurados

 

Frente e verso unidas por grampo plástico, permitindo expansão da capacidade até 500 folhas
Frente e verso unidas por grampo plástico, permitindo expansão da capacidade até 500 folhas

 

Prontuário típico de clínicas médicas, em formato meio ofício
Prontuário típico de clínicas médicas, em formato meio ofício

Além das possibilidades de combinação numérica, é possível desenvolver uma extensa variedade de bolsas, desde o modelo mais comum, onde o cartão é dobrado com ou sem aplicação de grampos, até aplicações sofisticadas, como se pode ver nas imagens abaixo, todas desenvolvidas a partir de demandas específicas de clínicas médicas, consórcios, setores de RH e outros.

Somadas às possibilidades de combinação numérica, a facilidade de desenvolver soluções sob medida transformam as pastas dígito-terminais em uma excelente alternativa para otimização de espaço de arquivamento e facilitação de acesso aos documentos.

Veja mais opções de pastas dígito-terminais em https://loja.oorganizador.com.br/pasta-digito-terminal-235-x-345mm-cartao-timbo-350g-sem-grampo-100-un

No próximo post, vou avaliar uma pasta que é um verdadeiro coringa, muito útil para todos os tipos de arquivo: as pastas intercaladoras.

Até lá.

Organize-se!